cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

Notícia

Saúde no Cabula: região tem 24 unidades de atendimento e mais três em construção

Saúde no Cabula: região tem 24 unidades de atendimento e mais três em construção

Saúde no Cabula: região tem 24 unidades de atendimento e mais três em construção

Saúde no Cabula: região tem 24 unidades de atendimento e mais três em construção
Bairro conta com ampla rede de atendimento pública e privada e possui um dos maiores hospitais públicos do país, o Roberto Santos
 
 
A facilidade de acesso a serviços básicos como saúde é um dos diferenciais para os moradores do Cabula. Além de contar com uma ampla rede de atendimento pública e privada, o bairro possui um dos maiores hospitais públicos do país, o Roberto Santos. A população local ainda dispõe de uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), do Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), de dezenas de clínicas e laboratórios. 
 
O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) é o maior hospital público da Bahia e também do Norte e Nordeste do país. Realiza atendimentos de alta complexidade, sendo referência nos serviços de emergência, hemorragia digestiva, nefrologia, pediatria, clínica médica, cirurgia bucomaxilofacial, cirurgia geral, neurocirurgia, cirurgia pediátrica e neonatal, cirurgia vascular e maternidade de alto risco, entre outras especialidades.
 
Ao todo, são 640 leitos de internação para especialidades como neurocirurgia, nefrologia, traumatismo raquimedular, traumato-ortopedia, Aids, gestação de alto risco e gastroenterologia. Além desses, a unidade possui 59 leitos de UTI, sendo 22 adultos, 12 pediátricos e 25 neonatal. Mensalmente, em média, são atendidas mais de 37 mil pessoas, sendo cinco mil na emergência, 25 mil no ambulatório, 6,7 mil em exames de bioimagem, 600 em cirurgias de média e alta complexidade e 220 em partos. Ou seja, são cerca de 450 mil atendimentos por ano.
 
Referência
Mesmo localizado no Cabula e servindo à população local, o Roberto Santos é procurado por moradores de todo o estado, uma vez que é referência em procedimentos de alta complexidade e o segundo maior hospital de emergência da Bahia. A instituição é oficialmente um centro de referência em Neurologia e está estruturada para assistência a vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) e para enfermidades decorrentes da Aids.
 
Possui serviço de atenção domiciliar e serviços de Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) para o pronto- atendimento. A instituição acolhe, também dentro de sua estrutura, o Centro Antiveneno da Bahia (Ciave), o Banco de Olhos da Bahia e a Central Estadual de Transplantes.
 
 
O diretor-geral do Hospital Roberto Santos, José Admirço Lima Filho: novidades para 2018.
 
O diretor-geral, José Admirço Lima Filho, destaca os avanços do complexo hospitalar e confirma que novidades estão por vir em 2018. “Teremos mais 27 leitos de terapia intensiva e está confirmada a implantação do primeiro Hospital Dia público de Salvador, no qual os pacientes fazem cirurgias e saem no mesmo dia. A previsão é de que sejam feitas nessa unidade cerca de 900 cirurgias por dia”, informou. 
 
Recentemente, o HGRS ganhou 43 novos leitos de UTI neonatal e semi-intensiva pediátrica. A unidade conta com um grupo de cirurgia pediátrica 24 horas e a colaboração de profissionais de diversas especialidades em neonatologia, além de exames de imagem como os de ultrassom e ecocardiografia na beira do leito. 
“Tive o meu bebê, fiquei na enfermaria e ele foi transferido para a unidade semi-intensiva porque teve icterícia. O médico deu suporte e hoje estou feliz”, disse Eliana Fiuza, mãe de João Pedro, atualmente com 2  anos, e residente na região. 
 
UPA
Os moradores do bairro também contam com uma Unidade de Pronto Atendimento. A UPA 24H Cabula tem capacidade para atender 11 mil pacientes por mês. Realiza procedimentos de média e alta complexidade. São cerca de 350 pessoas atendidas por dia nos seis consultórios médicos, 26 leitos, além das salas específicas para raio-x, aplicação de medicamentos e laboratório de análises clínicas. Já o Ambulatório de Especialidades tem capacidade para realizar 30 mil consultas, além de quatro mil exames e pequenos procedimentos por mês. 
 
 
Unidade de Saúde da Família da rede municipal
 
Ampla rede
O Distrito Sanitário Cabula/ Beiru conta com uma rede de 24 unidades de atendimento e mais três em construção, incluindo Centros de Saúde (CS), Saúde da Família (USF), Pronto Atendimento (PA), Centros de Atendimento Psicossocial (Caps) e Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). De acordo com a coordenadora, Lorena Sena, o Distrito engloba uma população de mais de 423 mil habitantes, incluindo o Cabula e bairros como Pernambués, Tancredo Neves, Narandiba, Sussuarana, entre outros.
 
450 mil 
É o número médio de atendimentos realizados anualmente pelo Hospital Roberto Santos 
 
Segundo a coordenadora distrital, nessas unidades, a rede municipal garante serviços de saúde como enfermagem, controle da diabetes, nebulização, nutrição, vacinação, saúde bucal, saúde da criança e do adolescente, saúde da mulher, além de  especializados como endocrinologia, pneumologia, gastroenterologia que são encaminhados pelo médico clínico através do sistema VIDA. 
 
Há ainda uma rede conveniada, para consulta médicas e exames diagnósticos. As consultas podem ser feitas nas unidades do SOT- Serviços de Ortopedia e Traumatologia, ECO Cabula e COB Estrada das Barreiras. Já os exames podem ser realizados em clínicas como a Bioexames, na Rua Direta do Beiru; no Laboratório Multianálise - Cabula; no Instituto Saúde Salvador – IESS – Cabula; e na Echo-Med – Pernambués. 
 
No bairro também está localizado o Hospital Juliano Moreira. O centro psiquiátrico e de saúde mental é referência na assistência, na atenção psicossocial e na execução das políticas públicas em Saúde Mental na Bahia e na Região Nordeste. Para os casos em que é necessária a internação em regime integral, classificada como de média complexidade, há uma disposição de 122 leitos ativos.
Fonte: Correio da Bahia

Deixe seu comentario:


Todos os direitos reservados à FETRAB