cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

Notícia

Sindsefaz denuncia atos agressivos e exagerados durante mobilização dos fazendários

Sindsefaz denuncia atos agressivos e exagerados durante mobilização dos fazendários

Sindsefaz denuncia atos agressivos e exagerados durante mobilização dos fazendários

Diante da gravidade dos fatos, o Sindsefaz denunciou em nota pública a ação da Polícia Militar e da Corregedoria da Sefaz-BA, ocorridos durante a paralisação dos fazendários da DAT Norte.
 
A PM, cujo efetivo deslocado é insuficiente para dar suporte às ações de fiscalização, foi mobilizada, com várias viaturas e dezenas de policiais, para intimidar os servidores e, no ápice da ofensa, retirar as faixas do Sindsefaz do corrimão do prédio do Posto Fiscal Angelo Calmon, em Feira de Santana.
 
Já a Corregedoria, foi desviada de sua função normativa, para se deslocar aos postos fiscais e às inspetorias e SACs, a fim de identificar os fazendários que estavam participando da paralisação. Um ato autoritário, que remonta aos tempos da ditadura militar e o período prepotente de domínio carlista.
 
Nesta quarta, o Sindicato publicou no Jornal A TARDE a nota emitida segunda-feira (09). Leiam.
 
Informe_Sindsefaz
 

Deixe seu comentario:


Todos os direitos reservados à FETRAB