cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

Evento

Estado pagará licença prêmio em pecúnia para dois mil professores no mês de dezembro

Estado pagará licença prêmio em pecúnia para dois mil professores no mês de dezembro

Estado pagará licença prêmio em pecúnia para dois mil professores no mês de dezembro

Estado pagará licença prêmio em pecúnia para dois mil professores no mês de dezembro
Ultima Atualização: 27/11/2017 às 13:37:10
Estado pagará licença prêmio em pecúnia para dois mil professores no mês de dezembro
Dois mil professores da rede estadual de ensino serão beneficiados com o pagamento da licença prêmio em pecúnia ainda no mês de dezembro. A portaria nº 8559/217 que normatiza o processo foi publicada, nesta sexta-feira (24), no Diário Oficial, pela Secretaria da Educação do Estado, autorizando os professores a solicitarem a conversão dos períodos de licença prêmio em abono pecuniário.
 
“A ação mostra o compromisso do Estado em assegurar a valorização do profissional de Educação, além de normatizar os procedimentos administrativos para conceder os benefícios aos educadores de carreira da rede estadual de ensino”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destacando que os esforços estão sendo empreendidos para que os educadores recebam o benefício ainda no mês de dezembro. “O pagamento deste benefício é realizado em três meses, mas estaremos realizando esse repasse com o valor total até o dia 29 de dezembro, porque acreditamos ser algo que possa trazer um benefício a mais para os educadores”, destacou.
 
A solicitação pode ser realizada até 1º de dezembro nas unidades do SAC Educação ou na sede dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE). A prioridade para as solicitações é para professores que estejam com processo de aposentadoria por tempo de serviço, tenham idade igual ou superior a 60 anos, não tenham sido beneficiados com a conversão no último ano e conte com maior tempo de efetiva regência de classe.
 
 
Fonte: Ascom/ Secretaria de Educação do Estado
 

Deixe seu comentario:


Todos os direitos reservados à FETRAB