cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

Evento

A Tarde - Rui e Neto adotam silêncio após Câmara livrar Temer

A Tarde - Rui e Neto adotam silêncio após Câmara livrar Temer

A Tarde - Rui e Neto adotam silêncio após Câmara livrar Temer

A Tarde - Rui e Neto adotam silêncio após Câmara livrar Temer

 


Interessados locais na conjuntura nacional, com vistas às eleições do próximo ano, o governador do estado, Rui Costa (PT), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), adotaram a “lei do silêncio” após o resultado da votação que liberou o presidente Michel Temer (PMDB) de ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de corrupção passiva. Nenhum dos dois, procurados por A TARDE, na quarta-feira, 2, quiseram se pronunciar.
Neto, amigo pessoal do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), seria um dos beneficiados com a ascensão dele ao cargo mais alto do país, na avaliação de analistas e políticos. Já Rui, dizem aliados, pontuou para a base o temor de que isso ocorresse e fortalecesse o democrata.
Passada a votação, lideranças baianas em Brasília avaliam que o futuro da política nacional será decidido por fatores como a votação das reformas econômicas propostas pelo governo e novas denúncias que, se realmente forem feitas pela Procuradoria-Geral da República, podem afetar figuras do entorno do presidente peemedebista.
De um lado, alinhados ao discurso do Palácio do Planalto, políticos do estado defendem que “o Brasil precisa andar”. Enquanto isso, do outro, opositores baianos ao presidente apostam na desaprovação do governo para que, em caso de uma segunda denúncia contra ele, a base aliada seja esfarelada.
 


Deixe seu comentario:


Todos os direitos reservados à FETRAB